Reflexão de um trabalhador

Rescindi.

Nesta vida agitada somos ensinados desde cedo a pensar no que queremos ser e a estudar para o atingir. Somos educados a pensar na vida sob a forma de trabalho e a ambicionar um ordenado que suporte despesas e nos permita ter outras, maiores.

Desde que me lembro, respondo à questão “O que queres ser quando fores grande?” com um assertivo e polémico “reformado”: não porque queira viver às custas de alguém ou ser de alguma forma marginal para a sociedade, mas porque olho para os reformados como livres. Velhos, cansados, com problemas de vários tipos até, mas livres por terem cumprido com o seu dever e finalmente poderem viver.

Só agora?

Com um contrato de trabalho efectivo, despesas fixas e alguma segurança financeira, rescindi. Quero ser livre e não aguento esperar pela velhice para o conseguir, como não aguento dar cada vez mais tempo em prol de uma gratificação monetária que não preenche o vazio deixado pelo tempo perdido.

Perdido sinto-me eu, que quero viver por mim e para os meus, mas sou empurrado para regras, deveres e investimentos de diversas ordens, sem conhecer o real retorno em forma de vida que daqui recolho.

Se a minha vida parasse agora, eu sentiria que não vivi. Olho para trás, será que nasci?

4 thoughts on “Reflexão de um trabalhador”

  1. Meu amor…

    “A terra gira em contramão
    Ficamos tontos sem direção
    Corremos até nos faltar o ar
    E a vida vai ficando pra depois
    E continuamos os dois a sonhar”

    Cada vez mais prontos para concretizar… Lindo!

    1. Nós tentamos. Se conseguimos ou não, não interessa.

      Obrigado pelo teu apoio de sempre. Vamos concretizar juntos ❤️

  2. É da diversidade de flores no ramalhete que sobressai a sua vivacidade e, porventura a sua beleza. Se, na natureza, todas as flores fossem iguais, os campos seriam uma monotonia.
    Enquanto tivermos duas opções, temos de escolher aquela que consideremos ser a melhor para nós e para os que “vivem” a nossa vida.
    Felizes aqueles que sabem fazer a boa escolha.
    Agora, está convicto que é um deles. Pois os meus votos vão no sentido de que seja, para todo o sempre, um deles: Um que fez uma boa escolha, um que será mais feliz nos seus dias, no dia a dia.

Deixa aqui o teu comentário